domingo, 15 de março de 2009

Lógica do Amor

Se você quer me conhecer melhor, então crie oportunidades – nessa vida, nada cai do céu (só chuva).

Qualquer que seja sua intenção é melhor me tratar bem, senão perdeu a chance – não perca a oportunidade!

Existe um e somente um motivo que me faria te dar uma segunda chance: melhor não arriscar.

Se pretende namorar comigo, você têm duas opções: Ou você me dá atenção Ou você me dá atenção. – fácil, fácil!

Namorar comigo implica me aturar e manter uma relação saudável com os meus melhores amigos.

E por último, uma pequena observação que sintetiza todas as anteriores:
Eu só te amo se e somente se você me amar – amor próprio em primeiro lugar.

Ah... faltou mais uma:

Se algum dia você aprender todas essas dicas acima, poderá ouvir de mim a conhecida proposição do amor: Te amo porque te amo!!!

*** Que pena que nem tudo é assim tão fácil. Lógica no amor é algo meio fora de cogitação. Cada pessoa é um universo diferente. Cada história nos é apresentada com uma nova configuração.

10 comentários:

Du disse...

Poderia começar com:
“Existe uma necessidade absoluta de se sentir desejado e neste círculo do desejo é muito raro que dois desejos se encontrem e se correspondam, o que é uma das grandes tragédias do ser humano.” (Pedro Almovadar.).

A única Lógica que existe para o amor é não ter lógica. É engraçado as vezes ver uma mulher "certinha" com alguém que consideramos uma pessoa desleixada. E nos perguntamos: "o que ela viu nele?"
O que há de tão interessante e atrativo? porque não amamos simplesmente aquelas pessoas que nos amam, que nos respeitam e que somam em nossas vidas?

Será que a vida seria melhor se essa lógica funcionasse?

*ótimo texto Dani, você só surpreende.
um grande beijo.

Ido&Lu disse...

Que texto lindo...poderia servir para os insensíveis, mas...fazer o que se eles "não sabem ler"???
Bom dia minha linda!

Maiara Bonfim disse...

ui, ui, uiii!

Parece tão fácil!

Mas não tem lógica, não...

Qdo vc menos espera, o amor já aconteceu!

E aí não tem mais jeito...


Que venha a reciprocidade!

Bjs, amiga!
Parabéns mais uma vez!

Luis Ping disse...

pode se explicar por um dos melhores filmes que eu já vi: "uma mente brilhante".

O trecho que o matematico Jonh Nash faz o discurso de agradecimento pelo premio nobel.

"Sempre acreditei nos números. Nas equações e na lógica que conduz à razão. Mas depois de uma vida inteira atrás desse conhecimento, pergunto, o que é realmente a lógica ? Quem decide a razão?A minha busca levou-me através do físico, do metafísico, passando pelo ilusório, e de volta.E fiz os capítulos mais importantes da minha carreira, a descoberta mais importante da minha vida; a de que é apenas nas misteriosas equações do AMOR... que alguma razão lógica pode ser encontrada." (Jonh Nash)

Dani disse...

Lai disse:

Lindos os seus textos..esse ultimo então me identifiquei bastante.

Adoreiii!!
Me mantenha atualizada!
Grande bjo!

Dhogo disse...

Acreditar no amor, é algo completamente simples e fácil... Desobedeça toda e qualquer lógica; Assim, começa a lógica do Amor!

carina disse...

Alguns procuram.."ainda encontro a lógica do Amor", outros tentam entender. Mas alguns simplismente vivem...a falta de uma sequência coerente no Amor..a falta de lógica ao acontecer!

"Por que você ama quem você ama?

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece a razão...Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados. Não funciona assim. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível. Honestos existem aos milhares, generosos tem às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito do amor da sua vida!"

Martha Medeiros

Parabéns Dani!
Bjão!

Louise Cardeal disse...

Até Seu diogo teve por aqui hein gentchen?!

Uhu!

Amor detesta matemática ou qualque coisa da área das exatas. por será né?!

Dani, vc bota p lenhar!

beijo!

Dani disse...

Nanna disse:

Dessa vez vc optou por uma coisa mais direta e seca ..
arrasou como sempre !

bruno disse...

Adorei como vc fala desse sentimento tão ilógico!!! Se publicasse, certamente já teria um comprador.